+55 (51) 3377 6896 contato@kinetec.com.br

A frequência de passada, ou seja, cadência, é um parâmetro a ser considerado para a avaliação do risco de queda em pacientes idosos.
Porém, a cadência também é um importante elemento a ser considerado para avaliar e prevenir os riscos de lesão.

De acordo com o biomecanicista Guilherme Brodt, há um fato interessante de que muitas pessoas pensam que a própria cadência é um fator de risco. Mas, na verdade, uma cadência inadequada por si só não configura um fator de risco.

O que acontece é que as cadências inadequadas geram alterações terciárias. Como, por exemplo, a mudança do ângulo, a mudança do impacto e a mudança da postura durante a corrida.São essas mudanças provocadas pela cadência inadequada que são os verdadeiros fatores de risco.
A cadência é somente quantos passos o paciente executa por minuto. Porém, o número de passos executados naquele minuto determina uma série de outros aspectos que serão alterados na técnica de corrida.

Quer saber mais sobre o assunto?
Assista a aula completa com o professor Guilherme Brodt: https://youtu.be/IaQyr4cXALM