+55 (51) 3377 6896 contato@kinetec.com.br

A Ortopedista Pediátrica Carolina Panizzon Santini, afirma que após a realização da avaliação biomecânica da marcha, o resultado do tratamento pode mudar completamente. 

Segundo Carolina, com o exame da análise de marcha é possível identificar com mais facilidade e clareza qual é o caminho que deve ser tomado para avançar no tratamento. 

Muitas vezes acontece de após a realização do exame percebermos que naquele momento a melhor decisão é não realizar nenhuma intervenção, ou esperar e repetir o exame novamente após um um ano, afirma a ortopedista. 

Dessa forma, é importante que tanto os pais da criança que está sendo tratada, quanto os profissionais da área da saúde sejam engajados a recomendar fortemente a realização do exame de análise de marcha antes de qualquer intervenção.

A Doutora explica que muitas vezes, observando a criança caminhar, pode-se achar que seja o joelho flexo que esteja atrapalhando a marcha. No entanto, após analisar os dados do exame conclui-se que o problema não está ali. 

Portanto, é importante sempre realizar esse exame para chegar a uma decisão através da análise dos dados. Com a utilização de tecnologias biomecânicas é possível ter certeza de qual é o real causador do problema para saber o tratamento correto e não tratar uma coisa que não precisa.