+55 (51) 3026 8507 [email protected]

Com o Dia Mundial de Prevenção de Quedas quase chegando, é essencial informar mais ainda sobre os diversos perigos que envolvem as quedas, e a magnitude desse problema terrível que assola toda a população mundial.

No total, são 640.000 mortos por quedas a cada ano no mundo.

As quedas são a segunda causa de morte por ferimento não intencional.

Dois terços dessas fatalidades ocorrem em indivíduos com mais de 65 anos de idade.

A distribuição das causas difere entre idosos institucionalizados e os não-institucionalizados.

A queda é um evento bastante comum e devastador em idosos. Embora não seja uma conseqüência inevitável do envelhecimento, pode sinalizar o início de fragilidade ou indicar doença aguda. Além dos problemas médicos, as quedas apresentam custo social, econômico e psicológico enormes, aumentando a dependência e a institucionalização.

As quedas entre os moradores de asilos e casas de repouso são em decorrência de distúrbios de marcha, equilíbrio, vertigem e confusão mental, enquanto que pessoas não institucionalizadas tendem a cair por problemas ambientais, seguidos de:

fraqueza/distúrbios do equilíbrio e marcha;
“síncope de pernas”,
tontura/vertigem,
alteração postural/hipotensão ortostática,
lesão do Sistema Nervoso Central,
síncope e outras causas.

os fatores de risco que mais se associam às quedas são:

idade avançada;

sexo feminino;

história prévia de quedas;

imobilidade;

baixa aptidão física;

fraqueza muscular de membros inferiores;

fraqueza do aperto de mão;

equilíbrio diminuído;

marcha lenta com passos curtos;

dano cognitivo;

doença de Parkinson;

sedativos,

hipnóticos,

ansiolíticos e polifarmácia.

A cada 15 segundos, um idoso precisa ir para a emergência por causa de uma queda, e a cada dez idosos que procuram pelo serviço médico, três precisam ser internados. Estudos mostram que 30% dos idosos sofrem quedas e 75% dessas quedas acontecem dentro de suas casas.

E não se esqueça! o Dia Mundial de Prevenção de Quedas vai acontecer em 24 de junho!

Nos ajude a conscientizar a população compartilhando nosso vídeo e postando com #prevençãodequedas!