+55 (51) 3377 6896 contato@kinetec.com.br

De acordo com o médico especialista em pé e tornozelo e Membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia, Eduardo Ávila, diversas modalidades de tratamento para fascite plantar são utilizadas. Dentro da própria fisioterapia, por exemplo, existe o ultrassom, o TENS (Estimulação Elétrica Nervosa Transcutânea), e o laser, que é comumente utilizado para a cicatrização. Há tratamentos caseiros como gelo, calor, ou ambos. Além disso, também são utilizadas a liberação miofascial, o alongamento e as ondas de choques.

Existem inúmeras intervenções que funcionam e auxiliam o tratamento da fascite plantar, principalmente os que estimulam a melhor perfusão tecidual na região, pois este é um problema mais degenerativo do que inflamatório. Deste modo, o anti-inflamatório quase nunca é utilizado.

A exceção está para os casos muito agudos. Como, por exemplo, quando o paciente está com dor há dias, usa-se no máximo por uma ou duas semanas. Entretanto, se o paciente tem uma dor crônica, o anti-inflamatório possui um efeito analgésico, ou seja, paliativo. Por isso, não tem benefício na solução do problema.

Quando o paciente apresenta um quadro de fascite plantar, o foco principal deve ser voltado aos fatores que causaram o problema. Geralmente, o causador é o encurtamento de musculatura gastrocnêmia. Outros fatores são o excesso de atividades, ou pessoas que ficam longos períodos de tempo em pé. Existem também diversos fatores de risco independentes, como o sobre-peso, ou até mesmo a idade, devido à incidência.

Esses fatores podem ser tratados de diferentes formas. No entanto, o Dr. Eduardo Ávila costuma recomendar a massagem ou a liberação miofascial. Assim, o paciente pode realizar o tratamento na fisioterapia, pode pedir o auxílio de alguém para a massagem, ou pode até fazer em si mesmo a auto-liberação com objetos pequenos em forma de tubo ou bola.

Conforme os estudos de meta-análise, de todas as alternativas de tratamento para a fascite plantar, a massagem e o alongamento de panturrilha são os que realizam o maior impacto.