+55 (51) 3377 6896 contato@kinetec.com.br

Segundo o Professor e Biomecanicista Guilherme Brodt, o nosso corpo é naturalmente instável. Dessa forma, em qualquer situação que se busque movimento, o core vai ser fundamental em controlar e estabilizar esse movimento.

Sendo assim, a região lombo pélvica, musculatura lombar, paravertebrais, musculatura abdominal, transverso do abdômen, retoabdominal, ilíaco, retofemural, glúteo máximo, médio e mínimo, são todos músculos que vão estar participando do controle e estabilização do nosso movimento. Isso acontece em qualquer situação que gera instabilidade, ou seja, em qualquer movimento.

Em relação  à corrida, o core é ainda mais importante  nas situações em que nós temos que transmitir força produzida do membro inferior para o membro superior, afirma o Professor.

Guilherme complementa com um exemplo referente às lutas. Segundo ele, quem já praticou lutas, entende que é muito clássico o lutador ir dar um soco, mas o começo desse golpe  não é na mão, e sim no pé. Isso acontece, pois o primeiro movimento é dos membros inferiores. 

Posteriormente, a força produzida nos membros inferiores será transferida para o tronco do lutador, e após para a mão, a fim de gerar um golpe. Além disso, o Professor ressalta que o responsável por realizar e garantir essa transferência de força será a região instável de pelve e lombar.