+55 (51) 3377 6896 contato@kinetec.com.br

O Fisioterapeuta André Pêgas explica como a tecnologia impactou a gestão de muitas clínicas e consultórios. Segundo ele, o telefone celular é um exemplo desse avanço, pois quando foi lançado ele funcionava só para telefonar, porém com o crescimento tecnológico vieram os smartphones, ou seja, um telefone celular com mais tecnologia, que abriu o campo da comunicação.

Para André, quando tratamos da tecnologia da clínica é a mesma coisa, pois antigamente as clínicas funcionavam sem tecnologia, ou seja, tudo era feito na mão e os exames eram qualitativos e se tornava muito difícil ter capacidade de mensuração. Ainda, o fisioterapeuta comenta que por não terem um sistema, o trabalho se tornava demorado, pois o profissional tinha que colher todos os dados dos pacientes para poder armazenar.

No entanto, hoje a tecnologia facilita tudo isso, pois passa dos dados qualitativos para dados quantitativos. Dessa forma, é possível adicionar números nas avaliações dos pacientes, e isso é muito importante, pois se pode comparar, através desses dados, o  que determinado paciente apresentava no primeiro atendimento e o que ele passou a apresentar no último atendimento. 

Conforme André, pode-se tornar muito qualitativa a melhora do paciente, e assim se ganha agilidade, pois a tecnologia hoje é integrada normalmente com o computador e o sistema de gestão do negócio, ou seja, o computador ou a plataforma lê e armazena os dados, e o profissional adquire velocidade e credibilidade e no final das contas, com o conjunto de tudo isso, ele também alcança mais lucratividade, confiabilidade, e cada vez mais espaço no mercado.