+55 (51) 3377 6896 contato@kinetec.com.br

O estetoscópio, instrumento para auxiliar a escuta de ruídos internos do organismo na ausculta cardíaca e respiratória, foi criado no começo do ano de 1800. Antes disso, era comum os médicos consultarem seus pacientes apoiando a orelha diretamente neles, sem a utilização de instrumentos.

Conforme Cristian Zaniboni, Sócio Fundador da Kinetec, assim que foi criado esta ferramenta, demorou alguns dias para haver a aceitação dos profissionais, ou seja, no começo a área clínica não estava conseguindo ver proveito na ferramenta.

Após a criação do estetoscópio, passaram-se cem anos, até que ele começou a ingressar efetivamente no cotidiano da área da saúde e hoje pode até ser identificado como o símbolo dos médicos.

Ainda, Cristian compara o instrumento dos médicos com as novas tecnologias biomecânicas, pois mesmo que para alguns elas ainda não façam parte da rotina, para outros já é indispensável, pois estes já identificaram quais são os seus principais benefícios e como elas podem otimizar a rotina de trabalho.

É possível observar que está acontecendo um crescimento exponencial em relação à utilização das tecnologias no Brasil. Ainda, a demanda pelas tecnologias só aumenta, principalmente depois dos laboratórios de marcha, os quais em alguns países já são relevantemente difundidos, no entanto, no Brasil ainda não.

Além do interesse das pessoas em aprender a utilizar os equipamentos de biomecânica, há pessoas mais capacitadas para utilizar as tecnologias, pois as universidades estão pesquisando e formando novos profissionais que utilizam os conceitos que as tecnologias de avaliação biomecânica trazem, pois é notável que a área está crescendo.

Por isso, é só uma questão de tempo até a análise de marcha e as tecnologias biomecânicas estarem presentes nas principais clínicas do Brasil.